associação comercial e industrial de arcos de valdevez e ponte da barca

7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho

in Notícias Gerais
Created: 21 October 2019

É normal haver momentos em que os profissionais deixam de se sentir apaixonados pelo trabalho, acontece quando o entusiasmo decresce e as dúvidas surgem. É importante descobrir se o que fazemos ainda nos motiva e faz feliz.  

A realidade é que é normal haver altos e baixos ao longo das carreiras, e cabe ao profissional determinar se está apenas a passar por uma fase menos boa ou se está realmente saturado da sua carreira. Neste caso, o melhor a fazer é procurar uma nova oportunidade. No entanto, antes de desistir e começar à procurar de outro emprego, é essencial considerar as seguintes recomendações – poderá descobrir que a sua paixão pelo trabalho pode voltar a surgir. 

Relembre-se porque aceitou esse trabalho. É fácil deixar-se acomodar pela rotina diária e não se lembrar de um panorama mais alargado. Lembre-se, primeiro, da razão pela qual aceitou esse emprego e quais os seus principais objectivos quando iniciou o percurso na empresa. Reflicta sobre as suas ambições de carreira e como a situação actual irá permitir alcançá-las. Assim, poderá recuperar o senso de propósito que o motivou nos primeiros dias. Relembre-se sempre do seu objectivo final.

Orgulhe-se do seu trabalho. Quando se encontra num emprego há algum tempo, é fácil esquecer-se da progressão da sua carreira. Pense quão difícil foi quando começou e quão boas e extraordinárias foram as conquistas que conseguiu alcançar até ao momento. Lembre-se de como era no início, para se motivar a atingir um maior sucesso.

Aumente a fasquia. Se conseguir fazer o seu trabalho de olhos quase fechados, certamente que não se está a desafiar. Passamos a maior parte do nosso dia no trabalho, por isso, o nosso cérebro precisa de ser estimulado durante esse tempo. Peça ao seu superior uma maior responsabilidade e um maior envolvimento em diferentes aspectos do negócio. Ao fazer isso, estará não só a ajudar a ganhar motivação, como também mostrará ao seu responsável que está interessado em aprender e progredir.

Escolha um mentor. Caso se esteja a sentir perdido no trabalho e se se tem esforçado para conseguir motivação, tente apoiar-se numa outra pessoa para obter orientação e apoio. Os mentores podem ser particularmente úteis e inspiradores. Esta orientação pode fornecer uma estrutura e direcção, ajudando-o a reforçar o seu plano de carreira.

Confronte a sua negatividade. Você é o seu pior inimigo. O pensamento autocrítico constante pode criar rapidamente ciclos viciosos, pondo em causa a produtividade e a motivação no seu dia-a-dia. Substitua-os por pensamentos positivos e motivadores – notará uma maior confiança e, subsequentemente, capaz de realizar o seu trabalho.

Desenvolva as suas aptidões. Até os profissionais que já atingiram excelentes metas nas suas carreiras continuam a precisar de aprender e desenvolver as suas capacidades. Ao melhorar as suas aptidões e conhecimento, estará não só a acrescentar mais valências ao seu currículo, mas também, a transformar-se numa mais-valia para a sua empresa.

Rodeie-se de pessoas apaixonadas. O entusiasmo e a negatividade são ambos contagiosos, por isso é necessário estar perto de pessoas que representem o primeiro. Poderá não escolher os profissionais com quem trabalha directamente, mas escolhe certamente a sua rede de profissionais mais alargada, que o poderá motivar na sua carreira.

Ter uma carreira que o desafie e o motive é extremamente importante. Pense cuidadosamente sobre como é que a sua carreira o poderá tornar feliz.

 

Fonte: hrportugal.sapo.pt, 19/10/2019